Murad Osmann viaja o mundo de mãos dadas com sua namorada

heresheis13 heresheis21

O fotógrafo russo Murad Osmann tem documentando suas viagens de maneira muito criativa, no projeto contínuo “Follow Me To” ele é levado a conhecer o mundo pelas mãos de sua namorada, literalmente. Uma paisagem mais bonita que a outra é apresentada em primeira pessoa, assim o expectador também acaba sendo carregado para dentro dos lugares visitados: Moscou, Veneza, Londres e  Berlim são alguns. O conjunto é um diário de bordo fotográfico sobre a jornada de dois viajantes apaixonados. I wanna hold your hand.

Continuar lendo

Fuga da Semana: Veneza

16 - VENEZA

Inúmeras vezes reproduzida midiaticamente, Veneza é uma das cidades mais importantes da Itália. Berço cultural de valor inestimável, a cidade teve sua arquitetura pouco modificada desde sua construção. Suas festividades de carnaval emblemáticas remetem ao século XVII, quando os nobres se fantasiavam para misturar-se ao povo sem serem percebidos.

Continuar lendo

Os mini-planetas no mochilão do fotógrafo Felipe Garchet pela Europa

corniglia louvre

O brasileiro Felipe Garchet começou a se interessar por fotografia durante o ensino médio, uma aptidão confirmada durante a faculdade de Publicidade e Propaganda que cursou na Universidade Santa Cecília em Santos, São Paulo. Ainda no terceiro ano ele começou a trampar como diretor de arte numa agência, entretanto foi só depois de ralar dois anos na Austrália que ele comprou sua primeira câmera e ensinou a si mesmo como usá-la através de um método autodidata: tentativa e erro.

Foi um tempo depois, em um mochilão pela Europa, que ele criou essas fotografias panorâmicas em 360º semelhantes a outras encantadoras coleções no estilo little planets que encontramos por ai. O projeto “Through the Planet” passou por Itália, França, Inglaterra e Holanda. Foi um processo de experimentação em que ele  estudava o método criativo durante o dia e saía aplicar suas idéias durante a noite, ou vice-versa. O resultado é essa intrigante e divertida série de mini-planetas que parecem capturar a identidade dos lugares por que passou, conciliando atmosfera e arquitetura. Viaje.

Continuar lendo

A cantora indie Russian Red em Veneza

Lourdes Fernandés é uma linda linda linda jovem de 25 anos que sacudiu a comunidade indie espanhola em 2008 com seu debutante álbum “I love your glasses”, sendo até comparada com Cat Power e Joni Mitchel. (!)

Sob o pseudônimo de Russian Red, inspirado no nome da cor de esmalte Vermelho Rússia, risos, sámenina já tem dois albuns e é uma daquelas cantoras que prometeram, prometem e sempre irão prometer bons trabalhos #alanis. Além disso, seus videoclipes são feitos com alto padrão artístico, vale a pena ver todos.

No videoclipe de “Everyday, Everynight” lançado em março desse ano, Russian termina um relacionamento transbordando eufemismos, arruma as malas, e ~se joga~ pegar a gôndola das cinco, em Veneza. Um lugar onde o desafio não é fazer imagens bonitas, a cidade é uma eterna sensação de estar vivendo no século XV, mas ser original. O que Russian Red consegue.

Continuar lendo