O documentário de Tinatin Gurchiani na Geórgia

The Machine Which Makes Everything Disappear

Uma diretora de cinema retorna ao seu país de origem, a pequena república da Geórgia, em busca de um protagonista para seu novo filme. A fim de conectar com diferentes tipos de pessoas ela anuncia através de diversas mídias que estará organizando uma chamada de casting por todo o país. Sua busca passa por diferentes lugares: vilas, cidades, montanhas, prisões, abrigos e clubes de luxo. Quando as histórias se provam interessantes as pessoas são seguidas através de situações às vezes dramáticas, às vezes cômicas. Assim nasce o documentário “The Machine Which Makes Everything Disappear” (A Máquina que Faz Tudo Desaparecer, em tradução livre), um comovente e singelo retrato de uma sonhadora geração de georgianos, que vive numa encruzilhada de culturas, informações, tempos, lugares e em vão busca por si mesmos dentre as metamorfoses de um país relativamente “jovem”. O filme alemão foi dirigido por Tinatin Gurchiani e está na seleção oficial do Sundance 2013.

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s