Os 10 mais divertidos “road movies” da sua infância

10. Um Príncipe em Nova York (1988)

Quiça um dos filmes mais cafonas da série “Sessão da Tarde” e talvez por isso mesmo um dos melhores, risos. Akeen, interpretado por Eddie Murphy, é um príncipe africano que fica insatisfeito com o casamento arranjado por seu pai e decide viajar por 40 dias em Nova York para se passar por um estudante pobre e encontrar uma esposa que o ame por quem ele é, e não pela sua nobreza. Lá ele vai acabar encontrando o amor verdadeiro em Lisa, a filha do dono da lanchonete em que acaba trampando. As risadas do filme ficam por conta do choque cultural entre o príncipe de um conservador país monárquico africano  e  as permissividades da Nova York pós revolução sexual.

9. A Incrível Jornada (1993)

São apenas animais se mexendo engraçado e vozes humanas dublando suas falas, mas na sua infância você viu esse filme dezenas de vezes na Sessão da Tarde, e talvez até considerava-o um dos melhores. Tudo começa quando Chance, um Bulldog, Sassy, uma gata, e Shadow, um Golden Retriever, são separados de seus donos e precisam voltar pra casa sozinhos. Apesar de contar com grandes perigos, esta incrível jornada também vai ensinar ao trio lições de amor, coragem e dedicação. Se você tiver bastante paciência, dá sim pra assistir o filme completo e dublado através desse site.

8. Os Goonies (1985)

Da comprovada imaginação fértil de Steven Spielberg, “Os Goonies” conta a história de 5 amigos que encontram um mapa do tesouro no sótão de sua casa, convencidos de que o tesouro salvaria suas casas da demolição que estão condenadas, eles partem por cavernas e trilhas subterrâneas numa viagem cheia de ação: navio pirata, monstro, armadilhas e bandidos italianos tentam atrapalhar o caminho deles. “Os Goonies” foi lançado em 1985 e na época foi extremamente bem-sucedido, tendo a moral de ter Cyndi Lauper cantando a música tema “The Goonies R Good Enough”.

7. Fugindo Para a Casa da Vovó (1992)

As gêmeas Mary Kate e Ashley Olsen são importantes ícones da infância nos anos 90, se você foi criança nessa época não há possibilidade de você não ter visto pelo menos um dos filmes da dupla. Em “Fugindo Para a Casa da Vovó” elas são as FOFÍSSIMAS filhas gêmeas de Rhonda, Julie e Sarah. Após ouvirem sua mãe dizer ao telefone que tem sido muito difícil criar as meninas sozinha e que precisaria de umas férias, as duas arrumam as mochilas, montam em suas bicicletas e fogem de casa #roots. O objetivo seria chegar na casa da avó para o Natal, mas o caminho delas guarda outras surpresas que irão divertir qualquer pessoa que goste de um filme “na estrada”. Filme de Sessão da Tarde é bom de ver dublado, vai dizer? Quem encontrar por favor avise! Por enquanto é apenas possível baixar o torrent ver o filme completo em inglês pelo Youtube, só que sem legendas. :(

6. Jumanji (1995)

Jumanji é um jogo de tabuleiro encantado capaz de abrir um portal para uma selva em um universo paralelo. Sem saber disso, Judy (Kristen Dunst) e Peter (Bradley Pierce) descobrem o jogo abandonado em sua casa, mas ao começarem a jogar são surpreendidos por Alan (Robin Willians), um adulto que passou sua vida preso dentro de Jumanji desde que jogou o jogo pela primeira vez quando tinha 12 anos. Agora ele só será livre novamente se terminar a partida que começou há vinte e seis anos atrás. Este filme é um verdadeiro mimo da nossa infância, mas que saudades de acompanhar o desenrolar dessa história enquanto os universos do mundo real e Jumanji se misturam e a cidade fica cheia de animais selvagens.

5. Conta Comigo (1986)

O escritor Gordie Lachance vai recordar de um acontecimento pessoal do verão de 1959, quando tinha apenas doze anos e morava numa pequena cidade no estado de Oregon, nos Estados Unidos. Ele e mais três amigos saem juntos à procura do corpo de um adolescente que estava desaparecido na mata há mais de três dias, coisa de criança, o que eles nem pensavam é que essa aventura se transformaria numa viagem de auto-descoberta que os marcaria para o resto da vida. “Conta Comigo” foi indicado ao Oscar de Melhor Roteiro Adaptado em 1987 e apesar de muita gente pensar que a famosa música do Ben E. King “Stand By Me” foi feita para o filme, nesse caso o caminho é inverso, foi o nome do filme que foi baseado na música.

4. Procurando Nemo (2003)

Quando o peixe-palhaço Nemo tem uma discussão com seu pai e é capturado por um escafandrista, Marlin, o pai, vai viajar os sete mares para encontrá-lo munido de apenas uma informação: P. Sherman 42, Wallaby Way – Sidney. No caminho ele vai encontrar a desmemoriada Dori, e juntos eles vão enfrentar todos os desafios imagináveis para chegar ao seu destino: tubarões, um peixe-pescador, uma “floresta” de águas-vivas, uma baleia azul, tartarugas marinhas e por aí vai. Nemo, que vai parar no aquário do consultório de um dentista em Sidney, vai viver na distância o desespero de estar longe do pai. Separados, ambos vão passar por experiências que relembram o espectador do valor da família. Aliás, valor da família é a primeira lição aprendida por qualquer viajante. Ah, não precisa dizer mais nada, Procurando Nemo tem um Oscar de melhor animação e é fofo pra caralho.

3. Férias Frustradas (1983)

Se você estiver prestes a realizar uma viagem de férias com a sua família, seja lá para onde vocês forem, torça para que as coisas não aconteçam como aconteceram com a família Griswold. Clark (Chevy Chase), o patriarca da família, a fim de passar mais tempo com sua esposa e filhos, propõe que eles façam uma viagem de férias cruzando os Estados Unidos até um maravilhoso parque de diversões na California. A viagem é meticulosamente planejada, mas o que eles não sabiam é que Murphy também embarcou neste carro, tudo o que poderia dar errado, dá. Apesar de se meterem em ~muitas confusões~, a jornada acaba sendo uma experiência que modifica a dinâmica da família e os une nas adversidades. Escrito pelo gênio da comédia infanto-juvenil nos anos 80, John Hughes, Férias Frustradas é clássico dos bons.

2. Alice no País das Maravilhas (1951)

Bem, se você tem se identificado com a vibe desse blog até agora então obviamente você já viu uma ou alguma versão de Alice no País das Maravilhas, quiça leu o livro. Não? Keep up! A versão cinematográfica mais conhecida de Alice no País das Maravilhas é com certeza a da produtora Walt Disney Productions, de 1951. Alice é uma menina-criança que sonha que se tivesse um mundo só dela, então nada faria sentido nesse mundo. Ao se distrair e seguir uma lebre falante que esta sempre precisamente muito atrasada, ela acaba “encontrando” a entrada para o País das Maravilhas. Uma vez lá, Alice vai viver uma ~maravilhosa~  jornada de auto-descoberta e psicodelismos tentando encontrar o caminho de volta para casa. Livro do polêmico Lewis Carrol, Alice in Wonderland é um poderoso clássico da literatura e do cinema que continua fazendo a cabeça de adultos e crianças até hoje. Aqui ó, o filme completo no youtube.

1. O Mágico de Oz (1939)

Precisa explicar? É muito amor pelo filme em que a menina Dorothy e seu cãozinho Toto são levados por um ciclone para a terra lendária de Oz, onde acabam trilhando a mais famosa estrada da história do cinema, a estrada dos tijolos amarelos. Mas logo ela descobre que o único capaz de levá-la de volta pra casa (She is not in Kansas anymore)  é o todo-poderoso Mágico de OZ. No caminho que ela vai conhecer o Espantalho, o Homem-de-Lata e o Leão Covarde. Juntos os quatro, braços dados, vão atrás do todo-poderoso mágico, o único capaz de realizar seus sonhos. Esta é uma daquelas histórias que já foi contada e recontada, de lendas do Pink Floyd ao novo lançamento da Disney. Mas se bateu saudades da versão original de 1939, o canal do Movie Clips no Youtube tem uma coleção de 8 vídeos do filme remasterizados em full HD que valem muito a pena.

 

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s